Ólá pessoal seja bem vindos!!Tudo sobre mulher está aqui

Like/+1


Conectar-se

Esqueci minha senha

Coloque no seu blog

•--- LINK-ME ---•


Últimos assuntos

» Gravida de gêmeas, personal trainer é criticada na web por levantar peso
Qua Jun 17, 2015 2:51 pm por Anita

» Ligo ou nao ligo para ele?
Qua Abr 22, 2015 6:26 am por vivimaria

» Coisas para se fazer com um homem na cama Parte I
Qua Abr 22, 2015 6:26 am por vivimaria

» Me envolvendo sem poder!
Qua Abr 22, 2015 6:24 am por vivimaria

» Próximo corte
Sab Abr 18, 2015 9:22 pm por vivimaria

» Vamos pedir Chat
Sab Abr 18, 2015 9:15 pm por vivimaria

» Ola como fazer para tira anucio de propaganda no meu faceboock [resolvido]
Seg Dez 15, 2014 9:21 am por Anita

» Dúvida: Mega Hair
Seg Dez 15, 2014 7:55 am por Daniely

» Leia um trecho picante de "A Submissa", de Tara Sue Me
Ter Abr 01, 2014 2:01 pm por Adriana

Navegação

Top dos mais postadores

Selo

---•


Dezembro 2017

SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 

fff


Dicas de como cuidar do seu filho (Meu filho não dorme)

Compartilhe
avatar
Daniely
.
.


Mensagens : 15
Pontos : 29
Reputação : 3
Data de inscrição : 07/02/2011

Dicas de como cuidar do seu filho (Meu filho não dorme)

Mensagem por Daniely em Qua Fev 09, 2011 2:05 pm

Meu filho não dorme
Deixar a criança dormir na cama dos pais não a ajuda a crescer, pelo contrário

A psicanálise infantil relaciona os distúrbios do sono aos sentimentos ambivalentes dos pais em relação à separação. Vários trabalhos descrevem de forma cristalina o impacto dos sentimentos dos pais sobre a separação com os filhos e de como é comunicada a eles.

O fato é que, nos dias de hoje, muitas famílias precisam de camas cada vez maiores para acomodar os filhos que abordam o leito do casal como “Piratas do Caribe” e ficam enfiados sob as cobertas. A faixa etária destes acomodados piratinhas está entre os 2 e os 5 anos.

É INTERESSANTE REFLETIR SOBRE AS DIFICULDADES DE MUITOS PAIS EM COLOCAR LIMITES HORÁRIOS E TERRITORIAIS PARA SEUS FILHOS IREM SE DEITAR E TAMBÉM EM DIZER NÃO QUANDO TENTAM DORMIR NA CAMA DELES. OS PAIS TENTAM RACIONALIZAR DIZENDO QUE É GOSTOSO DORMIR JUNTINHOS (ISSO DEVERIA ACONTECER ENTRE MARIDO E ESPOSA) E ACRESCENTAM QUE ESTIVERAM O DIA TODO TRABALHANDO (PARECE QUE ESTÃO PAGANDO UMA DÍVIDA). OUTROS SIMPLESMENTE, ESTIMULADOS POR CERTAS TEORIAS, ACHAM QUE ISSO NÃO TEM NADA DE ERRADO E AINDA BRINCAM, DIZENDO: “QUANDO CASAR, NOSSO FILHOTE VAI DORMIR NA SUA CAMA!”

Na realidade, existe o medo da separação, o sentimento de perda, às vezes até medo da morte. Por isso, muitos pais chegam, várias vezes, ao quarto do filho para ver se ele ainda respira. Os adultos e as crianças, ao deixar-se cair no sono, penetram em um território no qual não se tem mais o controle e ficam reféns de pesadelos tempestuosos. É como se fosse uma viagem a locais amedrontadores e, por isso, desejamos bons sonhos, dormir com os anjos, e todas as expressões que marcam uma partida e um retorno.

Claro que a visão dos pais sobre o sono vai influenciar aquilo que a criança acha sobre essa região nebulosa entre a vigília e o sono. Luz acesa ou desligada, porta aberta ou porta fechada, silêncio ou barulho e solidão ou companhia, são elementos antecipatórios dos prováveis perigos durante o sono. Às vezes, a causa pode ser problemas conjugais, por isso uma boa pergunta a ser feita é: “A serviço de quê ou de quem aparece o problema da noite?”

Uma criança, na cama dos pais, pode esconder um distanciamento que os adultos querem colocar entre si ou evitar o sentimento de solidão de um dos pais e ao mesmo tempo se erige como uma barreira.

Deixar um filho passar as noites com os pais de maneira constante não o ajuda a crescer. Ele não consegue se tornar autônomo ou levantar estratégias para solucionar seus problemas.
Qualquer atitude ou discurso que tentem aplacar os medos ou fantasias infantis não terão o mesmo efeito que deixar a criança viver a experiência, “sobreviver” a ela e sentir orgulho de superar o medo por ela mesma.

Doces sonhos para todos!


autor Dr. Leonardo

    Data/hora atual: Ter Dez 12, 2017 3:09 am