Ólá pessoal seja bem vindos!!Tudo sobre mulher está aqui

Like/+1


Conectar-se

Esqueci minha senha

Coloque no seu blog

•--- LINK-ME ---•


Últimos assuntos

» Gravida de gêmeas, personal trainer é criticada na web por levantar peso
Qua Jun 17, 2015 2:51 pm por Anita

» Ligo ou nao ligo para ele?
Qua Abr 22, 2015 6:26 am por vivimaria

» Coisas para se fazer com um homem na cama Parte I
Qua Abr 22, 2015 6:26 am por vivimaria

» Me envolvendo sem poder!
Qua Abr 22, 2015 6:24 am por vivimaria

» Próximo corte
Sab Abr 18, 2015 9:22 pm por vivimaria

» Vamos pedir Chat
Sab Abr 18, 2015 9:15 pm por vivimaria

» Ola como fazer para tira anucio de propaganda no meu faceboock [resolvido]
Seg Dez 15, 2014 9:21 am por Anita

» Dúvida: Mega Hair
Seg Dez 15, 2014 7:55 am por Daniely

» Leia um trecho picante de "A Submissa", de Tara Sue Me
Ter Abr 01, 2014 2:01 pm por Adriana

Navegação

Top dos mais postadores

Selo

---•


Outubro 2017

SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 

fff


Dicas de como cuidar do seu filho (Meu filho não dorme)

Compartilhe
avatar
Daniely
.
.


Mensagens : 15
Pontos : 29
Reputação : 3
Data de inscrição : 07/02/2011

Dicas de como cuidar do seu filho (Meu filho não dorme)

Mensagem por Daniely em Qua Fev 09, 2011 2:05 pm

Meu filho não dorme
Deixar a criança dormir na cama dos pais não a ajuda a crescer, pelo contrário

A psicanálise infantil relaciona os distúrbios do sono aos sentimentos ambivalentes dos pais em relação à separação. Vários trabalhos descrevem de forma cristalina o impacto dos sentimentos dos pais sobre a separação com os filhos e de como é comunicada a eles.

O fato é que, nos dias de hoje, muitas famílias precisam de camas cada vez maiores para acomodar os filhos que abordam o leito do casal como “Piratas do Caribe” e ficam enfiados sob as cobertas. A faixa etária destes acomodados piratinhas está entre os 2 e os 5 anos.

É INTERESSANTE REFLETIR SOBRE AS DIFICULDADES DE MUITOS PAIS EM COLOCAR LIMITES HORÁRIOS E TERRITORIAIS PARA SEUS FILHOS IREM SE DEITAR E TAMBÉM EM DIZER NÃO QUANDO TENTAM DORMIR NA CAMA DELES. OS PAIS TENTAM RACIONALIZAR DIZENDO QUE É GOSTOSO DORMIR JUNTINHOS (ISSO DEVERIA ACONTECER ENTRE MARIDO E ESPOSA) E ACRESCENTAM QUE ESTIVERAM O DIA TODO TRABALHANDO (PARECE QUE ESTÃO PAGANDO UMA DÍVIDA). OUTROS SIMPLESMENTE, ESTIMULADOS POR CERTAS TEORIAS, ACHAM QUE ISSO NÃO TEM NADA DE ERRADO E AINDA BRINCAM, DIZENDO: “QUANDO CASAR, NOSSO FILHOTE VAI DORMIR NA SUA CAMA!”

Na realidade, existe o medo da separação, o sentimento de perda, às vezes até medo da morte. Por isso, muitos pais chegam, várias vezes, ao quarto do filho para ver se ele ainda respira. Os adultos e as crianças, ao deixar-se cair no sono, penetram em um território no qual não se tem mais o controle e ficam reféns de pesadelos tempestuosos. É como se fosse uma viagem a locais amedrontadores e, por isso, desejamos bons sonhos, dormir com os anjos, e todas as expressões que marcam uma partida e um retorno.

Claro que a visão dos pais sobre o sono vai influenciar aquilo que a criança acha sobre essa região nebulosa entre a vigília e o sono. Luz acesa ou desligada, porta aberta ou porta fechada, silêncio ou barulho e solidão ou companhia, são elementos antecipatórios dos prováveis perigos durante o sono. Às vezes, a causa pode ser problemas conjugais, por isso uma boa pergunta a ser feita é: “A serviço de quê ou de quem aparece o problema da noite?”

Uma criança, na cama dos pais, pode esconder um distanciamento que os adultos querem colocar entre si ou evitar o sentimento de solidão de um dos pais e ao mesmo tempo se erige como uma barreira.

Deixar um filho passar as noites com os pais de maneira constante não o ajuda a crescer. Ele não consegue se tornar autônomo ou levantar estratégias para solucionar seus problemas.
Qualquer atitude ou discurso que tentem aplacar os medos ou fantasias infantis não terão o mesmo efeito que deixar a criança viver a experiência, “sobreviver” a ela e sentir orgulho de superar o medo por ela mesma.

Doces sonhos para todos!


autor Dr. Leonardo

    Data/hora atual: Qua Out 18, 2017 11:19 pm